Quantos de nós já não vivenciamos a sensação de falhar. Num teste da escola ou da universidade, numa audição, em performance no palco. Estamos sempre a questionarmo-nos. Somos verdadeiramente exigentes connosco próprios, sobre as nossas competências, as nossas qualidades e os nossos objectivos ilimitados.

Presenciei imensos casos de pessoas que acreditavam profundamente que não eram boas o suficiente e desistiram dos seus sonhos, permitindo que o medo e circunstâncias menos boas controlassem os seus sonhos e as parassem,

Mas eu acredito que há um tempo e um espaço para todos. Devemos respeitar os outros e devemos respeitar-nos a nós próprios, aos nossos sonhos e às nossas vidas, porque o tempo passa a correr e no fim o que resta? Uma vida sem sonhos e cheia de frustrações.

Se temos realmente um grande sonho devemos persegui-lo. Ter uma grande carreira não significa necessariamente cantar em todo o lado e ter uma atividade performativa enlouquecedora. Pode ser a nossa grande carreira. A nossa concepção de grande carreira. Sempre com dedicação e baseada na paixão.

Eu vi esta TED Talk intitulada “Why you will fail to have a great career” e achei-a tão poderosa que decidi partilhar. De alguma forma pode comover e fazer com que alguém mude os seus planos… Às vezes tudo está a um passo de distância de um “A não ser que…”.

Espero que gostem:  Why you will fail to have a great career por Larry Smith.

por Marina Pacheco

[Fotografia: Krystallenia Photography]