Vivemos num rodopio… somos obrigados a parar… reclamamos antes… reclamamos depois…

Esquecemos de nós, esquecemos do outro…

A vida até a preto e branco pode ter cor… somos muito mais para além das circunstâncias…

Um sorriso pode ter muitas tonalidades e não deixar de ser um sorriso. Façamos deste período o melhor que pudermos, só porque sim… e o porque sim pode ser tantas coisas…

 

por Marina Pacheco

[Fotografia: Kystallenia Photography]